BG-quemsomos-min.jpg

QUEM SOMOS

Pilao.png
Uma história que começou misturando botânicos e curiosidade.

A inspiração pode surgir através de inúmeros fatores como a curiosidade, diversão, superação ou simplesmente pela observação e admiração a uma pessoa, foi o caso de Matias com sua avô Tita.

No convívio diário ela utilizava diferente tipos de recursos de seu quintal para criar, com muito afeto e carinho, infusões, chás e macerados para fins medicinais.

Todas essas crônicas de jardim e do contato com a natureza e as ervas ficaram gravadas ao longo dos anos. A união da tradição de alquimistas com histórias familiares fez surgir a ideia de recriar extratos aromáticos conhecidos como bitter.

Quando um legado prevalece ao longo do tempo, as pessoas se convertem inevitavelmente em imortais, e hoje podemos recuperar todas essas lindas memórias em cada gota do nosso Enraizes Bitter.

genciana.png

O QUE É UM BITTER?
 

Versatilidade é a melhor forma de descrever os bitters. Eles surgiram no século XVI com aplicação farmacêutica e, hoje, são utilizados vastamente na saborização de coquetéis. A infusão do álcool com os extratos botânicos resulta no amargor característico, responsável por exaltar os demais aspectos de uma bebida, como doçura e acidez. 

 
Garrafa-Enraizes-especiarias.png
destilacao2.png

O NOSSO PRÓPRIO PROCESSO
DE FABRICAÇÃO

 

A construção de sabores e aromas em uma bebida é nossa paixão, por isso, durante todas as etapas de fabricação, extraímos o que cada matéria-prima possui de mais genuíno. As ervas e botânicos são manipulados artesanalmente, separados e moídos antes de descansarem no álcool. O processo de maceração é lento e essencial para elevar o sabor do concentrado - é ele que garante ao bitter seu amargor característico.

 

Na forma de um extrato natural rico em sabores, aromas e personalidade, o Enraízes Bitter é então filtrado duas vezes e repousado dentro de tanques de inox por alguns dias, antes de serem engarrafados.

A personalidade brasileira impressa nos sabores do Enraízes Bitter vem do processo extra de destilação com rum e cachaça.

destilacao.png